Talvez nem o capixaba Roberto Menescal que convidou a então menina de 15 anos e voz doce para gravar o disco Sambacana de Pacífico Mascarenhas em 1963, imaginou que a carioca Joyce Moreno se tornaria uma gigante da Bossa Nova e da MPB.

Cantora, compositora e violonista, Joyce é mais uma estrela da constelação que irradiará muito brilho sonoro no frio das montanhas capixabas durante o Festival Interacional de Jazz e Bossa de Santa Teresa.  O show da artista será no domingo à tarde, 04 de junho, e encerra o Festival.

Nascida em 1948, dona de uma carreira de mais de meio século repleta de parcerias com artistas do fino da música brasileira e do mundo, Joyce tem muito fôlego para seguir deliciando os ouvidos e a alma de quem ama as grandes composições da música popular.

São 34 discos gravados, entre parcerias, trabalhos solo e ao vivos.  Seu mais recente álbum é Raiz , lançado em 2014. Por sinal, muito bem recebido pela crítica. Nele revisita composições da nata da Bossa Nova, de Tom Jobim e Nilton Mendonça a Luiz Eça, passando pelo capixaba e descobridor do talento da cantora, Roberto Menescal.

Gravou com Nelson Ângelo, Naná Vansconelos, Toninho Horta, Novelli, João Donato, Tutty Moreno, entre outros mestres. Em 1975 substituiu Toquinho no violão, ao acompanhar Vinícius de Moraes em turnê internacional. Como compositora, teve canções gravadas por ícones como Elis Regina, Maria Bethânia, Boca Livre, Nana Caymmi, Quarteto em Cy, Joanna, Fafá de Belém e Ney Matogrosso.

Compôs com o lendário saxofonista Garry Mulligan, “Tema para Jobim”, canção que homenageia o genial Tom, com participação de nada mais nada menos que Milton Nascimento. Construiu sólida carreira internacional, fazendo sucesso entre o público de jazz na Europa, continente onde é considerada  uma das artistas brasileiras mais influentes.

Programação completa do Festival de Jazz e Bossa

A 6ª edição Festival Internacional de Jazz e Bossa de Santa Teresa acontece de 02 a 04 de junho no Parque de Exposição localizado na sede do município. E além de atrações no Palco Principal, terá apresentação no Palco Fames, espaço dedicado ao trabalho dos artistas da Faculdade de Música do Espírito Santo.

A realização e organização é da Rota Eventos e Iamond.  Confira a programação completa do festival:

 

02/06 (sexta-feira) // INGRESSOS: Blue Ticket; Jaklayne Joias, Belinha Modas (Santa Teresa)

 

19h00: ABERTURA DOS PORTÕES

 

PALCO FAMES

20h00 – 21h30 – CORAL DE TROMBONES DA FAMES

23h00 – CONGO JAZZ FAMES

 

PALCO PRINCIPAL

20h30: FAMES JAZZ BAND E NELSON FARIA

22h00: LUPA SANTIAGO ( BRA )

23h30: TONINHO HORTA E DUDU LIMA ( BRA )

01h00: DANNY VICENT BLUES BAND ( ARG )

 

———————

 

03/06 (sábado)

11h00: ABERTURA DOS PORTÕES // ENTRADA GRATUITA

 

PALCO FAMES

11h30 – 13h30 – EDU MARTINS TRIO

 

PALCO PRINCIPAL

12h30: BRUNO SANTOS ( BRA )

14h00: GUINGA E JESSÉ SADOC ( BRA )

16h00: ENCERRAMENTO

 

——–

 

20h00: REABERTURA DOS PORTÕES // INGRESSOS: Blue Ticket, Jaklayne Joias, Belinha Modas (Santa Teresa)

 

PALCO FAMES

21h30 / 23h – FAMES MB TRIO

 

PALCO PRINCIPAL

20h30: CHICO CHAGAS ( BRA )

22h00: JJ JACKSON ( USA )

23h30: ED MOTTA ( BRA )

01h00: SAULO SIMONASSI ( BRA )

 

———————

 

04/06 (domingo) // ENTRADA GRATUITA

11h00: ABERTURA DOS PORTÕES

 

PALCO FAMES

12h00 – 14h00 – FAMES DIXIELAND

 

PALCO PRINCIPAL

13h00: KATIA ROCHA ( BRA )

14h30: JOYCE MORENO ( BRA )

16h00: ENCERRAMENTO